Universo Piauí Publicidade 1200x90
29/12/2023 às 15h30min - Atualizada em 29/12/2023 às 15h30min

Avanços na tecnologia e transformação digital marcam uma nova era no Piauí

A Criação da Empresa de Tecnologia (Etipi), implantação do governo digital e novos investimentos em sistemas e soluções tecnológicas, foram ações de destaque na área da tecnologia em 2023.

Governo do Píauí
Governo do Piauí

O ano de 2023 foi um importante período para a tecnologia piauiense. O Governo do Piauí deu o pontapé inicial para a transformação digital no estado, tornando-a uma das pautas prioritárias da gestão.  

Sob o comando de Ellen Gera, Analista de Sistemas Sênior do estado, bacharel em Ciência da Computação, especialista em Tecnologias para Web, e mestre em Ciência da Computação, o gestor trouxe a experiência de gestão de sua atuação à frente da Secretaria de Estado da Educação e um dos grandes feitos para o fortalecimento da tecnologia no estado foi a extinção da Agência de Tecnologia da Informação do Piauí (ATI) e a criação de um novo órgão, a Empresa de Tecnologia da Informação do Piauí (Etipi), com base na lei Nº 8017, de 10 de abril de 2023.

Passando de autarquia para empresa pública, a organização foi criada pensando em dinamizar o trabalho e as contratações, bem como minimizar a burocracia  e agilizar os processos administrativos. Hoje, a Etipi se apresenta como um instrumento de fortalecimento da governança digital, por meio da Tecnologia da Informação e Comunicação.

No início do ano, mais um importante passo acelerou o processo para tornar o Piauí um estado cada vez mais moderno e digital. Em março, o governador Rafael Fonteles sancionou a lei nº 7.990, criando o Conselho de Transformação Digital do Piauí. O documento garantiu que o conselho instituísse as normas e diretrizes para a política de governo digital.

Com a meta de dar início ao processo de transformação digital, fazer modernização dos serviços públicos e a plena gestão da tecnologia, com vistas para o que foi chamado de ‘governo sem papel’, o executivo Estadual realizou importantes ações e buscou o que há de mais moderno no mundo nesta área. Dessa forma, intercâmbios na Estônia e nos Estados Unidos foram de grande valia para que as equipes da tecnologia e gestão conhecessem ferramentas e sistemas que seriam posteriormente implantados no estado.  

Como resultado destas ações, o Piauí realizou uma importante contratação, que foi a empresa X-Via. A partir disso foi possível customizar a ferramenta de governo digital e implantar no estado, a plataforma Gov.pi Cidadão, um sistema que, a partir da interoperabilidade entre entidades, permite a oferta de serviços públicos dentro de um ambiente virtual seguro, de forma rápida e prática.  

Lançado em setembro, o Gov.pi Cidadão chega no final de 2023 com quase 100 serviços públicos ofertados de forma digital, cerca de 37 mil contas criadas e 40.387 downloads (sistemas Android e IOS). Dentre os serviços mais buscados pela população, estão as matrículas para a rede estadual de ensino e as ações relacionadas ao Detran, como renovação de habilitação e documentação veicular.  

A Tecnologia atuou no desenvolvimento de várias áreas do governo  

No governo digital, de forma transversal, a tecnologia auxilia no desenvolvimento de todas as áreas, como a saúde, empreendedorismo, educação, segurança, políticas públicas, atração de novos investimentos, dentre outras.  

Dentro de um programa de transformação digital, o estado já celebra grandes avanços, como a implantação do serviço de telessaúde, que já zerou filas de atendimento médico no interior do estado. O uso da tecnologia por meio do App Colab permitiu que os piauienses participassem, de forma digital, das decisões do governo sobre investimentos no programa de Orçamento Popular (OPA).

Facilitando a vida do empreendedor, o Governo do Piauí já entregou o Gov.pi Empresas, plataforma que reúne os serviços de vários órgãos — estaduais e municipais — necessários para abertura e licenciamento de novos empreendimentos, dando agilidade e reduzindo a burocracia.

A modernização dos serviços públicos também gerou facilidades para os servidores. Além da implantação de ferramentas que agilizam o dia a dia no trabalho, como o Sistema Eletrônico de Informações (SEI), foi criado o Portal do Servidor, ambiente virtual de uso exclusivo desse público, com acesso ao contracheque, e-mails corporativos e outras informações.

O Programa de Transformação Digital do Piauí, executado pelo Governo do Estado, é uma forma prática e moderna de fazer a gestão pública com o uso de soluções tecnológicas, visando benefícios às pessoas.

Novos investimentos na modernização de sistemas  

Neste ano, a Empresa de Tecnologia da Informação do Piauí (Etipi) trabalhou ainda no sentido de garantir a alta eficiência dos seus sistemas. Foram investidos R$ 3.263.252,66 em serviços de suporte técnico (software e hardware), e banco de dados, visando a preservação das informações, melhorias, atualizações e alto desempenho de importantes sistemas como o do Detran, Sistema Integrado de Administração de Pessoal (Siape) e Sistema Eletrônico de Informações (SEI).  

Com mais de 30 mil usuários e quase 5 mil requisições simultâneas no horário do expediente, o SEI precisou de ajustes e insumos técnicos para garantir a estabilidade e atender plenamente as demandas.

A Etipi fez ainda importantes aquisições em soluções de tecnologia, com o objetivo de ampliar a capacidade de armazenamento dos dados e a segurança das informações que se encontram no Data Center do Governo do Piauí, gerenciadas pela Empresa e que recebeu a certificação da ABNT.

O Data Center da Etipi é um dos mais modernos do país e possui ferramentas que garantem permanentemente energia elétrica (geradores), internet (redundância de links) e sistemas de segurança contra danos, incêndios, dentre outras intercorrências. A sala-cofre concentra mais de 800 máquinas virtuais, com sistemas de vários órgãos da administração pública estadual.    

Moderno, seguro e com ampla capacidade de armazenamento de dados, o Data Center foi reconhecido pela Associação Brasileira de Normas Técnicas, recebeu certificação e se tornou Padrão ABNT, de acordo com a norma NBR 15.247.  

Piauí se tornou o primeiro estado do Brasil a implantar a rede Eduroam em todos os municípios.

Em 2023, o Piauí se tornou o primeiro estado do Brasil a implantar a rede Eduroam em todos os municípios. O Eduroam é uma rede de internet sem fio, acadêmica, de alcance mundial, que oferece um acesso seguro à internet. No Brasil, ela está presente em 170 instituições, espalhadas em 2.700 pontos.

A expansão da rede no Piauí foi prevista em acordo assinado entre a Etipi, na época ainda como Agência de Tecnologia da Informação do Piauí (ATI) e a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), responsável pelo sistema no Brasil. A medida colabora para a melhoria e expansão da conectividade no estado e atende de forma gratuita pesquisadores, professores, servidores e estudantes no Piauí.

Etipi colaborou com debates nacionais sobre tecnologia

A Etipi esteve presente em encontros nacionais, como as reuniões da ABEP-TIC, realizada em vários estados brasileiros ao longo de 2023. Nesse sentido, a Empresa, por meio do presidente Ellen Gera, colaborou com importantes debates sobre tecnologia e inovação no âmbito nacional, reforçando a importância nos diálogos interinstitucionais. O presidente fez explanações sobre o processo de transformação digital do Piauí, com ênfase para a implantação de governo digital.

Serviços da Etipi

A Empresa de Tecnologia da Informação do Piauí (Etipi) ultrapassou a marca de 27 mil chamados atendidos pelo Núcleo de Operações e Controle (NOC). Após cada demanda solucionada, é enviada uma pesquisa de satisfação para o requerente, onde ele avalia o atendimento. Com 27.336 chamados, a empresa registrou nível de 90% de satisfação dos solicitantes.

As principais demandas estão relacionadas aos serviços de TI, com solicitações de senhas, criação de contas institucionais, e e-mails, além dos pedidos de cadastro, alteração de dados, assinatura eletrônica no Sistema Eletrônico de Informações (SEI) e suporte técnico em geral.

Outro trabalho realizado na Etipi é a emissão de certificados digitais. A Empresa contabilizou 848 certificações digitais este ano. Trata-se de um documento eletrônico que garante a identidade e integridade do usuário, assegurando a autenticidade em transações formais realizadas por meio virtual.

Etipi avança no cumprimento à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)  

A Etipi avançou no que se refere à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Em 2023, as equipes foram capacitadas quanto às normas e o cumprimento da lei. Ainda nessa perspectiva, a Etipi colaborou com a Política Estadual de Classificação de Informação, Sigilo e Temporalidade, elaborada pela Etipi, a medida tem o objetivo de nortear o Governo do Estado do Piauí sobre a classificação das informações dos documentos e sistemas, estabelecendo diretrizes para adequação à Lei de Acesso à Informação (LAI) e Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).  

A medida é necessária em cumprimento à Lei de Acesso à Informação e Decreto Estadual n.º 15.188/2013 que define parâmetros para garantir a segurança das informações, primando pela transparência.

Na vanguarda da Inovação

Visando o incentivo à inovação, à pesquisa científica e a tecnológica no ambiente de governo, o Governo do Piauí, por meio da Etipi criou o primeiro Laboratório de Inovação do Piauí (LIPI).  

O Laboratório de Inovação da Etipi foi criado pela Portaria ATI.GAB.DG Nº 069/2023, de 29 de junho de 2023. O LIPI será um ambiente colaborativo em busca de solucionar problemas públicos com base em experimentação e prototipação. O foco do laboratório será a pesquisa em ciência de dados, inteligência artificial, automação de serviços públicos, eficiência pública, governança e processos administrativos.

O espaço contará com um ambiente co-working moderno e tecnológico. Serão incentivadas ideias, soluções e projetos inovadores, utilizando métodos modernos e ágeis, que envolvam pesquisa, exploração, ideação, realização de pilotos, prototipagem e testes estruturados. O local segue em obras avançadas e será entregue no primeiro semestre de 2024.

O presidente da Etipi, Ellen Gera faz uma avaliação de todo o trabalho realizado na área da tecnologia ao longo deste ano.

“Fazendo um diagnóstico e olhando para o programa de Governo estabelecido pelo governador Rafael Fonteles, avaliamos positivamente o trabalho na tecnologia ao longo deste ano. Começamos como uma autarquia, passamos pelo processo de transição e hoje temos a Empresa de Tecnologia do Piauí (Etipi), que já nasceu grande e com muito potencial de expansão. Tivemos avanços significativos e importantes entregas. Implantamos a plataforma de governo digital Gov.pi Cidadão, criamos o primeiro Laboratório de Inovação do Piauí, otimizamos sistemas e realizamos investimentos em infraestrutura e segurança da informação. Nosso Data Center recebeu o selo da ABNT pela norma NBR 15.247. Buscamos e trouxemos para o estado experiências de sucesso de outros países. Em 2024, o objetivo é expandir as ações e fazer com que a transformação digital e cultural chegue a mais piauienses. A tecnologia tem o potencial de melhorar a vida das pessoas, simplificando os processos e desonerando o Estado e os cidadãos dos custos que o atendimento presencial ainda promove. ”, concluiu Ellen Gera. 
 

Fonte: Governo do Piauí

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://universopiaui.com/.
Fale pelo Whatsapp
Obrigado por acessar nossa página.
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp