Universo Piauí Publicidade 1200x90
27/03/2023 às 15h27min - Atualizada em 27/03/2023 às 15h27min

Governo do Piaui define metas e ações em obras na rodovia Transcerrados

Rafael Fonteles esteve reunido com diretores daconcessionária responsável pela reforma das estradas PI-247 e PI-262

- CCOM

O Governador do Estado, Rafael Fonteles, esteve nessa manhã (27), em audiência com Wilton Santos Filho, diretor- presidente da CS Grãos, concessionária responsável pelo serviços de implantação, restauração, manutenção e conservação da PI-397 – conhecida como rodovia Trancerrados). A parceria público-privada (PPP) compreende a administração também da PI-262, outro corredor importantes para o escoamento da soja produzida nos cerrados piauienses.

No encontro foram apresentadas as tomadas de ações e cronograma de intervenções, que vão desde os serviços de implantação, restauração, manutenção e pavimentação asfáltica, incluindo o gerenciamento e monitoramento da Rodovia Transcerrado. Também ficou definida a realização de um estudo contratual que visa a ampliação da área de concessão para outras rodovias do Piauí como a PI-247, essa também localizada na região Sul e que integra o Anel Rodoviário da Soja.

 

Em um ano, a PPP já investiu R$ 70 milhões na Transcerrados. “A concessão da Transcerrados é a maior intervenção rodoviária já executada no Estado do Piauí. Esta rodovia estadual é um importante corredor rodoviário, rota do escoamento de grãos na região do cerrado piauiense. O projeto impacta 25 municípios do Estado e uma população estimada em 200 mil pessoas, beneficiando agricultores e caminhoneiros, além de gerar uma grande quantidade de empregos e renda para a população, por isso é importante que as obras sigam dentro do cronograma”, afirmou Rafael Fonteles.

De acordo com o diretor-geral do DER, Leonardo Sobral, a rodovia estadual PI-397 tem 333km de extensão e a concessionária administra um total de 236 km. “Estamos falando de uma PI que é vital para o escoamento das riquezas do Piauí.  E esse encontro de hoje visa ao estabelecimento de metas e ações que estão em andamento. Isso é necessário. O desenvolvimento e integração do cerrado piauiense passam por esse corredor e estão ligados diretamente à geração de emprego. A meta é concluir todo o empreendimento até dezembro de 2023”, evidencia o gestor.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://universopiaui.com/.
Fale pelo Whatsapp
Obrigado por acessar nossa página.
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp