Universo Piauí Publicidade 1200x90
22/03/2023 às 15h00min - Atualizada em 22/03/2023 às 15h00min

Plano de Ação Climático: Prefeitura de Teresina abre espaço para receber contribuições públicas

A Prefeitura de Teresina lançou esta semana uma agenda climática para o município,

- PMT

A Prefeitura de Teresina, por meio da Agenda Teresina 2030, vinculada à Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (Semplan), inicia nesta quarta-feira (22), a coleta de informações e contribuições públicas para a construção do Plano de Ação Climático do município.

Um plano de ação climático é um documento que reúne um conjunto de estratégias que devem ser adotadas pelas cidades para enfrentar a mudança do clima, visando sempre diminuir as consequências negativas que podem atingir a população, a economia e o meio ambiente.

“Teresina tem importantes desafios relacionados à mudança do clima e nós estamos trabalhando em uma série de ações que deverão aumentar a resiliência da cidade. O Plano de Ação Climática que será construído é mais um passo em direção a esse objetivo. Esperamos que toda a população possa contribuir com essa pauta e, assim, juntos, construiremos a cidade que queremos”, explica Leonardo Madeira, coordenador da Agenda Teresina 2030.

As contribuições podem ser realizadas através de um formulário disponibilizado no site institucional da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (Semplan), na área CLIMATHE. Acesse através do link: https://semplan.pmt.pi.gov.br/climathe/    . As colaborações poderão ser feitas até o dia 05 de Abril.

Agenda Climática

A Prefeitura de Teresina lançou esta semana uma agenda climática para o município, o CLIMATHE: Teresina Cidade Climática. O ClimaTHE23 surge de uma necessidade do município de dialogar com a sociedade para tornar a cidade capaz de lidar com extremos causados pelas mudanças climáticas, decorrentes das elevadas taxas de emissões de gases do efeito estufa por diversos setores como Indústria, Transporte, Energia, Resíduos e AFOLU (sigla em inglês para Agricultura Florestas e Uso do Solo).

O objetivo do município é realizar este evento anualmente no município. O lançamento do CLIMATHE ocorreu na última segunda-feira (20), no Cine Teatro UFPI. O evento reuniu diversos especialistas nas áreas de sustentabilidade, empreendedorismo, mudança climática e inovação para debater os diagnósticos da cidade e soluções para que a cidade se volte para a construção coletiva dessas políticas.

Através da consultoria Codex/I Care, foram apresentados durante a abertura do CLIMATHE, os resultados preliminares do Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa e análise de risco. Tal material é essencial para o desenvolvimento do Plano de Ação Climática de Teresina.

O ClimaTHE23 foi uma realização da Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN), CAF (sigla em inglês para Banco de Desenvolvimento da América Latina); Universidade Federal do Piauí (UFPI), através do Centro de Tecnologia (CT/UFPI); Centro de Eficiência em Sustentabilidade Urbana de Teresina (CESU/UFPI); Centro de Liderança Pública (CLP); Prefeitura de Niterói; Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC); Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMAM); Secretaria Municipal de Comunicação (SEMCOM) e Consórcio CODEX/ ICare.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://universopiaui.com/.
Fale pelo Whatsapp
Obrigado por acessar nossa página.
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp