Universo Piauí Publicidade 1200x90
11/03/2023 às 10h38min - Atualizada em 11/03/2023 às 10h38min

UFPI recebe exposição dedicada a Torquato Neto na celebração do cinquentenário de morte do artista

Exposição será lançada oficialmente na segunda-feira (13/03)

Imagem: Ufpi

Como parte da celebração dos 50 anos de morte de Torquato Neto, a Universidade Federal do Piauí (UFPI) recebe a partir de segunda-feira (13/03) a exposição "Torquatália 40 anos". Durante um mês, a comunidade poderá conferir o acervo no Espaço Rosa dos Ventos, no local onde funcionou a agência do Banco do Brasil da UFPI e agora recebe o nome de Galeria Afrânio. Com entrada gratuita, o espaço vai funcionar para visitação no horário de 14 as 20 horas.

IMG-20230310-WA0051.jpg

IMG-20230310-WA0051.jpg

Vice-reitor, Viriato Campelo, entusiasta da obra do poeta e um dos organizadores das comemorações dos 50 anos de morte do artista no Piauí

Para o vice-reitor, Viriato Campelo, é motivo de muita satisfação a volta de um espaço dedicado a exposições artísticas na UFPI.  "Estamos abrindo, depois de muitos anos, uma galeria de artes na Universidade e vamos inaugurar com essa exposição de Torquato. É uma ação que interessa a todos, principalmente por ser no âmbito da UFPI, para que toda nossa comunidade acadêmica tenha acesso a esse acervo", explica.

Com 50 itens relacionados à vida e obra do artista Torquato Neto, que incluem poemas, anotações, registros fotográficos, a exposição possui também um espaço dedicado ao material audiovisual. A mostrar encerra as comemorações ao cinquentenário de morte de Torquato Neto, que também foram iniciadas na UFPI em novembro de 2022 com o evento “Torquato Neto 50 anos", que incluiu atividades como apresentações musicais e lançamento de livro, obra que terá lançamento em outras capitais como Brasília e Rio de Janeiro.

IMG-20230310-WA0047.jpg

IMG-20230310-WA0047.jpg

Galeria Afrânio abriga o acervo

Na oportunidade, os visitantes poderão conhecer mais da vida de Torquato, artista nacionalmente admirado, como ressalta o vice-reitor. "Nesse espaço, as pessoas terão acesso a um relato da vida desse ícone da cultura brasileira, alguém que representa a identidade da nossa cidade. Nomes como o de Torquato precisam ser lembrados, nas mais variadas áreas, por todos nós teresinenses. Aqui nós já estamos planejando outras exposições em homenagem a nomes da nossa história", declara.

Fonte: Ufpi


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://universopiaui.com/.
Fale pelo Whatsapp
Obrigado por acessar nossa página.
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp