Universo Piauí Publicidade 1200x90
03/03/2023 às 17h14min - Atualizada em 03/03/2023 às 17h14min

Ministra da Cultura vem a Teresina para inaugurar busto de Esperança Garcia

Margareth Menezes também terá reunião com setor cultural do Piauí e assistirá ao filme Carta de Esperança

Foto: Reprodução

A ministra da Cultura, Margareth Menezes, estará em Teresina na próxima terça-feira (07) para participa da solenidade de inauguração do busto de Esperança Garcia, a primeira advogada do Brasil. O evento terá a presença ainda do governador Rafael Fonteles, do secretário da Cultura, Carlos Anchieta, outras autoridades, e acontecerá às 9h30 na sede da Ordem dos Advogados Brasil (OAB-PI), localizada na rua Governador Tibério Nunes, bairro Cabral.

Durante à tarde, do mesmo dia, às 13h, a ministra  terá encontro com o setor cultural do Piauí, no Theatro 4 de Setembro, no Centro da capital. Às 18h, a ministra da Cultura participará de audiência com o governador Rafael Fonteles, no Palácio de Karnak. Às 19h, Margareth Menezes retornará ao Theatro 4 de Setembro, onde ocorrerá a exibição especial do filme Carta de Esperança, com Zezé Mota.

Busto

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) doará um busto de Esperança Garcia à OAB-PI por conta do reconhecimento da instituição à primeira advogada do Brasil. A peça foi confeccionada pelo desenhista e escultor Braga Tepi.

Esperança Garcia

Esperança Garcia foi uma mulher piauiense, negra e escravizada, que escreveu uma carta à mão para o então governador da província de São José do Piauí denunciando maus tratos e abusos físicos que vinha sofrendo de seu senhor, o capitão Antônio Vieira Couto, no século XIX, na fazenda em que vivia, na região de Oeiras.

Em 1979, uma cópia da carta foi encontrada nos arquivos públicos do Piauí pelo historiador Luiz Mott, durante sua pesquisa de mestrado. Acredita-se que o documento original está em Portugal.

Em 25 de novembro de 2022, o Conselho Pleno da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Nacional reconheceu Esperança Garcia como a primeira advogada do Brasil. E sua carta é considerada uma das primeiras petições jurídicas nacionais de que se tem conhecimento.

Fonte: Redação CCom


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://universopiaui.com/.
Fale pelo Whatsapp
Obrigado por acessar nossa página.
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp