Universo Piauí Publicidade 1200x90
03/03/2023 às 13h09min - Atualizada em 03/03/2023 às 13h09min

Piauí realiza mutirão de cirurgias de marcapasso para zerar fila do SUS

Os pacientes contemplados são aqueles classificados como em estado grave

- Sesapi

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) lançou, nesta sexta-feira (3), o I Mutirão de Cirurgia de Marcapasso do Estado do Piauí. O serviço é uma parceria com o Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí (HU-UFPI) e Fundação Municipal de Saúde (FMS). Nesta sexta (3) e sábado (4) serão realizadas as primeiras 13 cirurgias e a previsão é que mais 45 ocorram até o fim deste mês.

“A Sesapi vai ajudar na compra dos equipamentos que serão usados nos pacientes, já o HU tem toda parte de logística e pessoal especializado para realizar esses procedimentos, além de ter um suporte de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o pós-operatório. Foi uma parceria muito forte entre Governo do Piauí, Fundação Municipal de Saúde de Teresina (que vai receber o recurso e repassar ao HU), e o hospital que fará o trabalho de cirurgia”, destacou o secretário da Saúde, AntônioLuiz.
 

O mutirão vai antecipar a fila do Sistema Único de Saúde (SUS).  Os pacientes contemplados com os procedimentos cirúrgicos cardíacos são aqueles classificados como em estado grave, com urgência na implantação de marcapasso, e que aguardavam na fila de espera.

“Nós vamos zerar a fila. Essa foi uma decisão do Governo do Estado, mas precisamente do governador Rafael Fonteles, que por meio da Sesapi resolveu contratar a realização completa dessas cirurgias no HU”, disse o diretor-geral do HU, Paulo Márcio.

A ação será realizada por quatro equipes de cirurgiões cardíacos do hospital, que irão se revezar em dois centros cirúrgicos para realizar as 13 cirurgias de marcapasso programadas, sendo sete na sexta e seis no sábado.

“Graças a essa ação conjunta estamos realizando a resolução dos casos desses pacientes. Sem dúvida isso é histórico. Nós tivemos muitos mutirões, mas para implantação de marcapasso é a primeira vez”, destacou a presidente da FMS, Clara Leal.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://universopiaui.com/.
Fale pelo Whatsapp
Obrigado por acessar nossa página.
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp