Universo Piauí Publicidade 1200x90
27/04/2022 às 10h32min - Atualizada em 27/04/2022 às 09h30min

Para presidente do PP, Sílvio Mendes não tem obrigação com reeleição do presidente da República

Arcoverde ainda comentou sobre as adesões que a oposição tem recebido nas últimas semanas

RTV Cris Sekeff - rtvcrissekeff.com.br
Deputado Júlio Arcoverde - Foto reprodução
Mesmo alinhado a Jair Bolsonaro em âmbito nível nacional, o presidente do diretório do Progressistas (PP) no Piauí, deputado Júlio Arcoverde, reforçou, em entrevista à TV Cidade Verde, no início desta semana, que Sílvio Mendes (União Brasil), com quem compõe chapa majoritária no estado, não tem obrigação de apoiar a reeleição do presidente da República. 

“Nós, do PP, vamos votar no presidente Bolsonaro, agora o União Brasil e o Dr. Silvio não têm obrigação nenhuma. Acredito que ele poderia até, lá na frente, votar ou fazer alguma coisa, mas o partido dele, é bom que se diga, não tem candidato a presidente da República, e isso ele não pode ser cobrado”, frisou o dirigente partidário. 

Vale lembrar que o ministro-chefe da Casa Civil do governo Bolsonaro, Ciro Nogueira, foi o articulador da pré-candidatura de Sílvio Mendes ao governo do Estado pela oposição no Piauí. Mas o pré-candidato sempre se negou a acompanhar a campanha de reeleição do presidente.

Outro ponto abordado por Arcoverde foi a elaboração do plano de governo da oposição que, apesar de elaborado, tem sido discutido durante as caravanas do grupo, que tem percorrido diversas regiões do estado. “Estamos ouvindo um pouco a população, o que pode ser melhorado em relação a esse plano”, pontuou o deputado.

Arcoverde ainda comentou sobre as adesões que a oposição tem recebido nas últimas semanas, sobretudo de lideranças políticas que antes eram ligadas ao governo do Estado. Para ele, esse movimento revela o “sentimento de descrédito" da atual gestão. “Isso cria uma expectativa muito boa para nós, pois candidatura que não tem perspectiva de vitória pouca gente vai se juntar”, pontuou.

Por fim, o progressista minimizou a possibilidade de, em caso de vitória da oposição para o governo do Estado, o atual bloco governista conseguir eleger uma maior quantidade de deputados estaduais. “Como estamos imbuídos de um grande projeto, eles vão nos acompanhar e vamos ter maioria, com certeza”, finalizou.

Com informações Cidade Verde
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://universopiaui.com/.
Fale pelo Whatsapp
Obrigado por acessar nossa página.
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp